Principais tipos de tumores

Causas, sintomas e tratamentos dos tumores

Grupo de condições

Um tumor é um crescimento anormal de células em qualquer tecido do seu corpo. Existem tumores malignos (câncer) e benignos. Um tumor geralmente surge quando as células se subdividem excessivamente no corpo.

O ciclo normal de uma célula é nascer, exercer suas funções em nosso corpo. Quando as células perdem sua função ou ficam danificadas, elas morrem, dando lugar a uma nova célula. A divisão celular é rigorosamente controlada pelo nosso organismo, de maneira que tenham sempre novas células substituindo as antigas, sem haver também uma produção excessiva.

O tumor se forma quando, por algum motivo, uma ou algumas células do corpo sofrem uma mutação e deixam de morrer e o organismo não percebe isso. Dessa forma, o corpo continua a produzir novas células, sem que as antigas morram. Isso gera um acúmulo de tecido conhecido como tumor.

Revisado por Mike Canto
Académico de medicina na Universidade Federal de Uberlândia (Famed UFU)

Condiçōes médicas relacionadas a Tumores

Tudo o que você precisa saber sobre as condições médicas relacionadas a Tumores

Essa página tem o objetivo de conscientizar a todos sobre as condições médicas relacionadas a Tumores. Aqui você vai encontrar informativos de diversos tópicos como os sintomas relacionados a Tumores, prevenção, o que fazer em caso de suspeita, diagnóstico, tratamentos e muito mais.

O que é tumor?

O termo tumor é utilizado para identificar um aumento no volume de alguma parte do corpo. Esse aumento pode ser gerado por uma proliferação exagerada das células e, nesse caso, também pode ser denominado de neoplasia.

As neoplasias podem ser classificadas em dois tipos:

Benigna

Nesse tipo, as células aumentam em quantidade, mas de forma mais lenta. Esse crescimento é relativamente organizado e possui limites nítidos. Além disso, essas células afetadas são bem semelhantes às presentes no tecido normal em que se originou o tumor.

Nas neoplasias benignas, também não há a invasão de tecidos próximos, entretanto, seu aumento exagerado pode levar à compressão de tecidos e órgãos adjacentes. Esse tipo de neoplasia também não consegue ser disseminado em locais distantes de sua origem (metástase).

Como exemplo de tumores benignos, podemos citar o lipoma e o adenoma. O lipoma atinge o tecido gorduroso, e o adenoma, o tecido glandular.

Tumores benignos são lesões causadas pelo crescimento anormal de nossas células. Porém, diferentemente dos tumores malignos, eles não possuem capacidade de se espalhar pelo nosso organismo.

Tem como característica o crescimento local e lento. Suas células, quando observadas sob o microscópio, são bem parecidas com as células normais que as originaram.

Existem inúmeros tumores benignos e qualquer órgão do corpo pode desenvolvê-los. A maioria é assintomático e geralmente descobertos através de exames realizados por outros motivos.É importante saber que a maioria dos tumores benignos não possuem risco de desenvolvimento e/ou evolução para o câncer. Converse com seu médico, ele é o profissional indicado para lhe orientar, indicar tratamento e acompanhamento de seu caso.

Maligna

As neoplasias malignas diferem-se das benignas pela formação de células relativamente diferentes das encontradas no tecido original. Seu crescimento é mais rápido, com divisões celulares (mitoses) numerosas e anormais. Além disso, esse tumor tem massa pouco delimitada. Diferentemente dos tumores benignos, os tumores malignos podem invadir os tecidos vizinhos e, assim, provocar metástases.

Nas neoplasias benignas, também não há a invasão de tecidos próximos, entretanto, seu aumento exagerado pode levar à compressão de tecidos e órgãos adjacentes. Esse tipo de neoplasia também não consegue ser disseminado em locais distantes de sua origem (metástase).

Como exemplo de tumores benignos, podemos citar o lipoma e o adenoma. O lipoma atinge o tecido gorduroso, e o adenoma, o tecido glandular.

Sintomas dos tumores

Os sintomas, quando presentes, dependerão do seu tipo e localização, pois estão relacionados à célula de origem e ao chamado “efeito de massa” do crescimento local do tumor. Incluem: Dor, diminuição do fluxo sanguíneo, diminuição da acuidade visual, sangramento e anemia. Quando originados de células produtoras de hormônio, podem levar à Doença de Cushing, hipoglicemia, hipertireoidismo, acromegalia e outras.

Vale considerar também que os sintomas de tumor dependem do tipo e da localização. Por exemplo, os tumores pulmonares podem causar tosse, falta de ar ou dor no peito. Já os tumores do sistema gastrointestinal podem causar perda de peso, diarreia, constipação e sangue nas fezes.

A maioria dos tumores em fase inicial não apresenta qualquer tipo de sintoma – em alguns casos, mesmo os tumores avançados demoram para demonstrar sinais. Dessa forma, é importante fazer exames médicos periódicos, principalmente se você tem casos de tumor na família, e procurar ajuda sempre que estiver com sintomas diferentes ou suspeitos.

IMPORTANTE: É importante saber que a maioria dos tumores benignos não possuem risco de desenvolvimento e/ou evolução para o câncer. Converse com seu médico, ele é o profissional indicado para lhe orientar, indicar tratamento e acompanhamento de seu caso.

Efeito de massa

Os tumores causam um “efeito de massa” ao comprimir outras estruturas:

Tipos de Tumores

Célula de origemTipo de célulaTumor
Endoderma
MucosasPólipos
GlandularAdenoma
Papiloma
Cisto
FígadoAdenoma hepático
PlacentaMola hidatiforme
RenalNefroma
Epitélio escamosoPapiloma escamoso
MesênquimaVaso sanguíneoHemangioma
OssoOsteoma
CartilagemCondroma
Tecido adiposoLipoma
Tecido fibrosoFibroma
Vaso linfáticoLinfangioma
Músculo lisoLeiomioma
Músculo estriadoRabdomioma
EctodermaGliaGlioma
MelanócitosNevo
MeningesMeningioma
NervosNeuroma

O que pode causar os tumores?

Os tumores podem ter causas variadas, que podem ser tanto externas quanto internas. Fatores externos e internos geralmente interagem entre si e acabam determinando o surgimento de um tumor. Como causa interna, podemos citar os fatores genéticos que deixam uma pessoa mais susceptível que outra ao desenvolvimento de tumores. Entretanto, raros são os tumores que surgem exclusivamente por causa de fatores genéticos. Os fatores externos, por sua vez, são variados. Entre eles, merece destaque a exposição a algumas substâncias químicas e à radiação, infecções por vírus e utilização de produtos como cigarro e bebida alcoólica.

Tumores são cânceres?

Nem todo tumor é um câncer. Dizemos que câncer são os tumores malignos, ou seja, as neoplasias que apresentam crescimento rápido, com células anormais e com a capacidade de invadir outros tecidos e desencadear metástases. Esses tipos de tumores são agressivos e podem até mesmo levar à morte, diferentemente dos tipos benignos, que geralmente são retirados e não voltam a aparecer.

O câncer pode desenvolver-se em qualquer parte do corpo, entretanto, alguns tipos são mais comuns que outros. Entre os mais comuns em nosso país, estão: o câncer de pele; o câncer de próstata, em homens; o câncer de mama, em mulheres; o câncer colorretal e o câncer de pulmão.

Diagnóstico de tumor

Em alguns casos, o médico ou médica consegue ver o tumor sem precisar fazer qualquer exame. Um exemplo é o câncer de pele, que se manifesta como uma pinta ou ferida. Porém, a maioria dos tumores não pode ser visto a olho nu, pois estão localizados no interior do seu corpo.

Quando um tumor é descoberto, um pedaço do tecido é removido e examinado em microscópio. Este procedimento é chamado de biópsia. Ela é feita para determinar se o tumor benigno ou maligno. Dependendo da localização do tumor, a biópsia pode ser um procedimento simples ou uma cirurgia complexa.

Tratamento de tumores

O tratamento dos tumores benignos é realizado, na maioria das vezes, por meio de cirurgia. O médico retira todo o tumor e, em geral, isso resolve o problema, curando o paciente.

No caso dos tumores malignos, o tratamento pode seguir a linha tradicional, com radioterapia, quimioterapia e, eventualmente, cirurgia. Em muitos casos pode-se adotar, também, a imunoterapia, que usa o próprio sistema imunológico do paciente no combate ao tumor. Quanto mais cedo se descobre o tumor maligno, e quanto mais adequado é o tipo de tratamento, maiores são as chances de cura.

Farmácias em Destaque:

Parcelamento 10x

T&Cs se aplicam

onofre-consulta-de-remedios
Entrega em até 4h

T&Cs se aplicam​

drogaria-araujo-consulta-de-remedios
Ótimo atendimento

T&Cs se aplicam​

droga-raia-logo
Retire na loja

T&Cs se aplicam​

Bifarma +Consulta de Remedios
Garantia de entrega

T&Cs se aplicam​

pacheco-consulta-de-remedios
Retire na loja

T&Cs se aplicam​

drogaria_liviero_logo_consulta
Entrega Expressa

T&Cs se aplicam​

farma-delivery-logo
Descontos online

T&Cs se aplicam​

Receba em 4h

T&Cs se aplicam​

drogasil-consulta-de-remedios
Entrega Expressa

T&Cs se aplicam​

Páginas Relacionadas:

Entre em contato para anunciar:

Pesquise abaixo por qualquer remédio, medicamento ou condição médica

Para anunciar no nosso site basta entrar em contato com o nosso time de relações públicas: